Descubra como fazer um empréstimo consignado inteligente

Empréstimo consignado inteligente! Como assim? Pedir um empréstimo é fácil, contudo usar o dinheiro de forma eficiente faz toda a diferença. Já percebeu que as dívidas parecem uma sobra que não para de nos perseguir. Mal acabamos de quitar os boletos de um mês e os próximos já começam a chegar. Quem se endivida e não quer acabar em uma situação ainda pior precisa saber fazer um empréstimo ou consignado inteligente.

Ninguém quer passar por dificuldades financeiras ou entrar em um endividamento. Mas, está cada vez mais comum as pessoas ficarem reféns de dividas de consumo e de crédito, principalmente com os cartões de limites de cheque especial bancários, além dos financiamentos. No primeiro trimestre deste ano, por exemplo, o Brasil já tinha mais de 62 milhões de pessoas endividadas e boa parte dessas estão negativados.

Quer descobrir como fazer um empréstimo pessoal ou empréstimo consignado inteligente? Continue a leitura deste texto. Vamos passar algumas dicas para você sair do endividamento e ficar calmo, com as contas em dia.

Empréstimo consignado inteligente: use-o a vontade!

Pode parecer estranho, mas na verdade essa é uma maneira de usar o empréstimo consignado de forma o mais inteligente possível.

O método funcional é bem simples de entender, quando você assume uma dívida mais barata para quitar uma mais cara, o mais provável é que salve algum dinheiro ao economizar com os juros não pagos, reduzidos ou liquidados por antecipação.

Vamos entender como isso funciona.

Faça um crédito pessoal consignado

O empréstimo consignado oferece taxas mais baratas que um empréstimo comum. Os juros são limitados, por lei, a 2,05% para beneficiários do INSS (aposentados e pensionistas) e 2,98% para servidores públicos, pode variar para baixos ou para cima dependendo do órgão público.

Quem tem direito legal de contratar este tipo de crédito pessoal consignado em folha de pagamento pode usá-lo para quitar outra dívida ou fazer o quiser com o dinheiro.

A única desvantagem é que nem todas as pessoas conseguem acesso ao empréstimo consignado. Ele está disponível apenas para quem tem renda garantida ex:

  • Aposentados e pensionistas do INSS
  • Servidores públicos de todas as esferas governamentais
  • E, trabalhadores assalariados (regime CLT de empresas privadas conveniadas)

Peça empréstimo com pessoas mais próximas

Quase todas conhece alguém na família que tem acesso ao consignado em folha, nesse caso, encontre alguém disposto a emprestar dinheiro no banco ou financeira e você restitui mensalmente, não é uma tarefa fácil convencer alguém de entrar nessa, mas pode ser uma ótima saída.

Negocie juros mais acessíveis. Converse sobre os prazos de pagamento. De repente você consegue quitar uma dívida mais cara e passa a dever menos.

Pesquise pelo melhor empréstimo consignado

As instituições financeiras naturalmente precisam competir entre si. Por isso, vale a pena pesquisar qual banco ou instituição financeira está oferecendo as melhores condições, prazos e juros no momento. Mas não pesquise somente a taxa de juro, é preciso levar o CET em conta, ele é quem diz se valerá a pena ou não concluir a operação.

O CET é o Custo Efetivo Total. Como o nome sugere, ele é o que representa quanto, de fato, o cliente terá que desembolsar para quitar uma dívida. O CET inclui a soma de outras taxas cobradas durante as negociações.

Use a Portabilidade de Crédito para economizar dinheiro

Outra forma inteligente de usar o seu consignado. Durante sua pesquisa sobre as melhores ofertas você encontra um banco com taxas interessante. Mas seu crédito já está em andamento, e agora? Não se preocupe, você pode solicitar a portabilidade, um jeito de fazer o seu empréstimo ser mais inteligente.

A portabilidade de crédito (portabilidade de empréstimo) ou (portabilidade de consignado) é a transferência de uma operação de crédito de um banco para outro. Pode ser feita por qualquer pessoa que tenha um contrato ativo. Além de taxas mais baixas, atendimento é outro motivo que leva as pessoas a transferirem suas dívidas.

O processo é simples: o cliente solicita, no banco atual, o cálculo da dívida a ser quitada. Esta instituição é obrigada a aceitar o pedido e deve fornecer todas as informações necessárias.

O banco escolhido pelo cliente para fazer a portabilidade quita a dívida com o antigo e gera um novo contrato para, com o que falta pagar. No novo empréstimo somente a taxa de juros pode ser alterada. Portabilidade é uma forma de conseguir empréstimo consignado inteligente e barato.

Realize o refinanciamento de empréstimo consignado

O refinanciamento é o ato de dar um bem como garantia de um crédito. Você sede sua casa, por exemplo, ao banco, em troca de um alto valor. O bem precisa estar com, pelo menos, 50% de seu valor já quitado.

Pode ser feito com imóveis e automóveis. A vantagem em relação a um empréstimo comum é que no refinanciamento você pode pegar um montante bem maior. Imagine sua conta corrente com o valor da sua casa.

Dependendo da situação do endividado, esta pode ser uma boa opção, um empréstimo pessoal inteligente. Algumas instituições financeiras aceitam o prazo de pagamento de até 20 anos. Sendo assim, as parcelas mensais terão uma valor mais baixo que o normal.

Cuidado com as armadilhas dos empréstimos

Todos os dias esbarramos em ofertas de empresas que prometem dinheiro rápido e fácil. Tome cuidado! Toda negociação financeira envolve diversos custos. Então, desconfie de ofertas que fujam da realidade. Antes de tomar o empréstimo, pesquise sobre as empresas.

Não libere nenhum dado pessoal e nem pague nenhuma taxa antecipadamente. Sabemos que às vezes a situação financeira causa desespero. E é exatamente neste momento que você deve ficar alerta para não cometer nenhum deslize e ter frieza para fazer seu empréstimo consignado inteligente e não ter problemas.

Atente-se ao que diz no contrato de crédito

Qualquer negociação financeira que você for assumir deve estar esclarecida em um contrato. Antes de assinar, confira este documento. Tire suas dúvidas, não tenha vergonha de perguntar. Se você acabar assinando um contrato duvidoso, depois não tem como voltar atrás.

Escolher um empréstimo pessoal inteligente é só o primeiro passo para o saldo positivo. Mas não vai adiantar quitar dívidas de um lado e continuar com orçamento descontrolado do outro, não é mesmo?

Encare suas contas. Coloque tudo em um papel e tente entender onde seu dinheiro está comprometido. Faça um planejamento. Diminua seus gastos e busque controlar o orçamento. Afinal, fazer isso é mais fácil do que parece.

Gostou do texto? Agora você já sabe o caminho para sair das dívidas usando seu empréstimo consignado de forma inteligente. Compartilhe este conteúdo em suas redes sociais e ajude seus amigos que podem estar na mesma situação.