Entenda como calcular empréstimo consignado

Calcular empréstimo consignado.. é fácil mas nem todos querem se dar a esse trabalho. Sabemos que solicitar crédito na modalidade em consignação em folha é uma alternativa muito válida para algumas categorias de cidadãos e profissionais. Além de ser aplicar os juros mais baixos do mercado, esse tipo de crédito possui inúmeras vantagens, como o prazo de pagamento estendido.

Para se ter acesso ao consignado é preciso se enquadrar em alguns pré-requisitos básicos. Essa linha de crédito só está disponível para alguns tipos de beneficiários do INSS e funcionários públicos de todas as esferas — incluindo as Forças Armadas.

No entanto, vários bancos e financeiras destinam parte dos seus recursos financeiros para liberar o empréstimo consignado para funcionários assalariados de empresas privadas (crédito consignado privado). Porém, é preciso que a empresa seja conveniada e apta a oferecer consignados empregados.

Agora que já ficou claro para quem é destinado, surge outra dúvida importante: como calcular um empréstimo consignado? Embora seja simples a resposta para essa pergunta, nós trouxemos nesse texto dicas muito importantes. Entenda mais a seguir.

Margem consignável dos empréstimos em folha

De acordo com as normas que determinam esse tipo de operação, ficou delimitado o teto máximo em 30% do salário ou benefício para comprometimento com as parcelas do empréstimo. Ou seja, independente do quanto ganha, você só poderá utilizar esse percentual.

Se tratando de uma modalidade onde o pagamento das parcelas é feito automaticamente, é fundamental utilizar esse método de proteção do salário. Ademais, enquanto garante a sua adimplência, você ainda terá dinheiro suficiente para investir em outras atividades.

Como deve calcular empréstimo consignado corretamente?

Para calcular empréstimo consignado é preciso estar atento a poucas questões, afinal, se trata de uma operação muito simples. Como falamos anteriormente, você só pode comprometer em até 30% o salário que ganha mensalmente.

Imagine que você seja funcionário público da sua cidade natal e ocupa um cargo fixo na prefeitura. Esse órgão público possui convênio com a agência da Caixa Econômica Federal, que por sua vez, está apta para fazer empréstimo consignado para o funcionalismo.

Com esse pré-requisito básico, você precisa apenas dispor o seu salário na seguinte fórmula:

Parcela mensal = salário líquido x margem consignável

Então, quanto pagarei mensalmente pelo empréstimo?

Utilizando a fórmula que encontramos anteriormente, considere o seguinte exemplo fictício:

  • Salário líquido: R$ 2.000,00
  • Margem consignável: 30% empréstimo consignado

Assim:

Limite da parcela = 2.000 x 0,3

Total: R$ 600,00

Portanto, o seu empréstimo consignado enquanto funcionário público terá parcelas máximas de R$ 600,00 por mês.

Como chegar ao valor disponível para meu empréstimo?

Após identificar o valor máximo que poderá comprometer o seu salário, é preciso definir o prazo total de pagamento e a taxa de juros que incidem sobre este empréstimo.

De acordo com o Banco Central do Brasil a taxa de juros da CEF para empréstimo consignado é de 1,98%. Ainda, a operação pode ser contratada para pagamento máximo de até 60 meses.

Assim, temos que:

600 (parcela mensal) x 60 (prazo de pagamento) = R$ 36.000,00

Total da operação sem o cálculo dos juros: R$ 36.000,00

O produto final desse nosso cálculo fictício anda não corresponde ao valor total do seu empréstimo. No entanto, é uma base muito aproximada do valor que será pago ao final do seu contrato de empréstimo consignado.

Para chegar no valor que será de fato depositado em sua conta, é preciso descontar a taxa de juros nesse período. Para isso, basta utilizar a seguinte fórmula:

Valor do empréstimo = total / taxa de juros

Assim, temos que:

Valor do empréstimo = 36.000 / 1,98

Total: R$ 18.000,00

Portanto, o valor do seu empréstimo consignado será de aproximadamente R$ 18 mil reais, que serão pagos em 60 parcelas mensais de R$ 600 reais. Ainda que este cálculo seja aproximado a valores reais, vale ressaltar que esta é apenas uma ideia de como calcular um empréstimo consignado.

Para chegar a valores reais e uma possível contratação, é necessário entrar em contato com alguma instituição credenciada para calcular sua proposta de consignado,confera todos os detalhes do contrato. O mais importante é observar o prazo de pagamento e o Custo Efetivo Total do contrato.

Simulações online de empréstimo consignado

Para fazer uma operação financeira dessa natureza, é imprescindível buscar por simuladores de empréstimos consignados online. No crédito consignado seja você aposentado do INSS ou um militar ativo do Exército Brasileiro, por exemplo, deve comparar as diferentes taxas do mercado.

Entre uma instituição e outra, as condições de pagamento como o prazo do contrato e as taxas de juros podem sofrer uma variação considerável. Em situações como essa, garantir a melhor taxa é um processo que exige pesquisas minuciosas de todas as variáveis.

Principais bancos que oferecem empréstimo consignado

Em todo o país existe uma vasta opção de instituições bancárias que oferecem o crédito consignado INSS — para aposentados e pensionistas — e SIAPE — para funcionários públicos estaduais, municipais e federais, além dos militares.

Listamos abaixo, os principais deles e as taxas divulgadas pelo Banco Central em

  • Banco do Brasil
  • Banco do Nordeste
  • Banco Bradesco
  • Banco Itaú Consignados
  • Banco Santander
  • Banrisul
  • Caixa Econômica Federal
  • Banco BMG
  • Banco Olé
  • Banco Pan

Se você é funcionário de alguma empresa privada, deverá procurar o departamento de recursos humanos da sua organização para verificar quais os bancos conveniados para operar o crédito consignado.

O que você achou das nossas dicas para te ajudar a calcular empréstimo consignado? Caso tenha sido interessante, siga nossas redes sociais e acompanhe de perto todas as novidades que trazemos para os leitores do nosso blog.