Você já está pagando um empréstimo consignado ou dois, e percebeu que o orçamento começou a ficar comprometido e o dinheiro mais curto? Talvez fazer um refinanciamento de empréstimo consignado seja a melhor opção para resolver isso.

Com a renovação do empréstimo você tem novo crédito e dinheiro para do sufoco, das dívidas e ainda ficar com um troco no bolso – o que acha disto?

Leia o texto com calma que você vai entender como funciona o refinanciamento e todos os detalhes da operação. Se este é o seu momento, não perca tempo, faça sua escolha pelo melhor credor. Mas antes, conheça as regras que definem o refinanciamento e como solicitá-lo com ótimas vantagens.

O que é refinanciamento de empréstimo consignado?

Não há a necessidade de assumir mais parcelas para obter crédito. Isso pode ser feito a partir de um empréstimo já em andamento. É uma alternativa para quem quer um novo crédito, no mesmo banco.

O refinanciamento é uma renegociação. Você continua com o crédito no mesmo banco e volta ao prazo original de pagamento. O empréstimo atual é quitado e um novo contrato é feito, com a liberação do troco, referente ao que foi pago.

Por exemplo, você tem um empréstimo de 72 parcelas e faltam 30 meses para pagar. O banco desconta o valor da dívida e libera a diferença. Você voltar a ter o prazo inicial, 72 meses, para quitar o que falta.

Como fazer refinanciamento do seu crédito consignado?

Conforme você paga suas parcelas mensais, seu saldo devedor diminui e seu limite aumenta. Com o refinanciamento de empréstimo consignado, o saldo devedor é quitado. A diferença dos valores é liberada como um novo crédito, na sua conta.

Para solicitar refinanciamento de consignado é necessário que uma parte das parcelas já tenha sido paga. Normalmente, de 20% a 30% do contrato já deve estar quitado. O valor liberado varia de acordo com a quantidade de parcelas pagas.

Cada instituição financeira pode estipular um valor mínimo para que a transação seja realizada. Caso queira refinanciar um contrato, basta que o cliente procure pelo banco onde mantém o empréstimo. É interessante também realizar uma simulação online para comparar valores.

Depois de solicitado, o refinanciamento do consignado é avaliado pelo banco, que pode ou não aceitar a proposta. Caso seja deferido, o cliente não precisa se preocupar com nenhum pagamento.

Os valores referentes ao empréstimo continuam sendo descontados do salário ou benefício do tomador. As parcelas são fixas, mas o valor pode mudar, já que o prazo de pagamento voltará a ser o inicial.

O limite para o refinanciamento de empréstimo consignado é o mesmo que para um contrato novo. Aposentados e pensionistas do INSS têm 72 meses. Servidores públicos têm 96 meses e militares, 60 meses. A renegociação pode ser solicitada por qualquer uma dessas categorias.

Todo contrato de crédito consignado pode ser refinanciado. Aliás, durante a renegociação, é possível também transformar mais de um contrato em um empréstimo único. Os bancos possuem acordo com o INSS e com o SIAPE, então, não há muita burocracia para refinanciar.

Quando vale a pena renegociar um empréstimo?

O refinanciamento é interessante para quem está com o orçamento apertado. É bom também para quem quer liberar margem consignável. O processo demora pouco tempo, entre 3 e 5 dias. Para a renegociação também não é feita consulta ao SPC ou Serasa.

Margem Consignável

Para quem não tem mais espaço na margem consignável para fazer novos consignados, o refinanciamento é uma das oportunidades de além de baixar os juros, conseguir dinheiro extra para fazer o que quiser.

Todo cliente que solicita empréstimo consignado tem que respeitar a margem consignável. Por lei, é estipulado que somente 35% da renda líquida mensal pode ser comprometidas com crédito. Desse valor, 5% é usado somente por meio do cartão de crédito consignável.

Portabilidade de crédito

É importante não confundir refinanciamento com portabilidade de crédito. Apesar de ser semelhante, na portabilidade o contrato passa para um novo banco. Isso pode ser feito, por exemplo, quando o cliente quer migrar para uma instituição que ofereça melhores taxas.

Agora que você já sabe como o refinanciamento de empréstimo consignado funciona, que tal testar alguns simuladores online?

Por meio das simulações de empréstimos é possível comparar taxas e valores. Isso pode te ajudar a decidir se essa é a melhor hora para negociar um contrato.