Documentos para contratar consignado: Entenda o que você precisa

Quais são os documentos para contratar consignado? Saber quais são os documentos necessários para contratar empréstimo consignado é estar uma etapa à frente, além de economizar tempo. Geralmente, as listas de documentos solicitados são as mesmas, ainda que possa haver um detalhe ou outro que seja diferente.

É importante saber as informações principais a respeito de como o banco escolhido trabalha, porque pode evitar uma série de problemas. A maioria deles coloca todas as informações necessárias, contratos e outros detalhes importantes na própria página oficial online.

Como os procedimentos de empréstimo consignado são, em sua maioria, feitos por meios digitais, é mais fácil obter essas informações estando no conforto do próprio lar. Desde a simulação de crédito, até o envio dos documentos e a aprovação do serviço todos os trâmites acontecem online.

Preparamos essa lista com os documentos básicos solicitados nas solicitações do crédito consignado, para ajuda-lo a se organizar melhor. Continue a leitura e se informe.

Documentos para contratar consignado nos bancos e financeiras?

Documentos pessoais básicos

Podem ser entendidos como documentos pessoais, aqueles que possuem formas de identificar um indivíduo enquanto cidadão brasileiro. Ou seja, Carteira de Identidade ou Carteira Nacional de Habilitação são os mais comuns, afinal apresentam as informações completas do seu portador.

Nas solicitações de empréstimo feitas online deve-se enviar o documento com foto, frente e verso, digitalizado com qualidade. Não se devem enviar documentos cortados, desfocados, com informações incompletas que dificultem o entendimento.

É importante ter em mente que a etapa do envio dos documentos para contratar consignado é muito importante. É desta forma que a instituição financeira ou banco irão verificar se as informações digitadas no cadastro correspondem à realidade. A digitalização incorreta dos mesmos pode ocasionar a desaprovação do empréstimo.

O CPF (Cadastro de Pessoa Física) também é um documento essencial. Nos RG’s mais recentes, é comum a inserção do número do CPF. Mas, caso contrário, este é outro documento que deverá ser digitalizado e enviado com os demais.

Comprovante de residência

Documentos que comprovam residência tem que ter, obrigatoriamente, seu nome completo, endereço e CEP. Estas informações servem para que o banco possa te identificar e saber sua localização, enviar faturas, extratos e documentos diversos.

Servem como comprovantes de residência, contas com menos de 90 dias da data de expedição. Por exemplo, contas de luz, água, telefone e até o carnê do IPTU.

É comum ficar em dúvida se existe uma obrigatoriedade em ser o seu nome nas faturas que serão utilizadas como comprovantes de residência. Para fins de comprovação de residência, é sempre importante que as faturas estejam no nome do solicitante.

Caso isso não seja possível, os bancos geralmente permitem comprovantes de parentes de primeiro grau como pai, mãe, irmãos, cônjuge. Nesses casos, é necessário comprovar o vínculo por meio de documentos pessoais.

Comprovantes de renda

Todo empréstimo consignado é solicitado junto a uma instituição financeira credenciada e passará por análise da proposta e validação do cadastro. Portanto, é fundamental apresentar documentos que são capazes de comprovar a renda mensal do solicitante.

No caso de servidores públicos federais estaduais ou municipais bem como os militares da Aeronáutica, Marinha e Exercito Brasileiro e outros órgãos da força policial é obrigatório a apresentação do contracheque ou holerite.

Por outro lado, os beneficiários do INSS como aposentados e os pensionistas que tem direito ao crédito consignado devem apresentar um extrato do seu beneficio.

A data de emissão destes comprovantes obedece à mesma regra dos comprovantes de residência: não devem extrapolar o período de 90 dias desde a data de emissão. Os últimos contracheques ou extratos são sempre a opção mais acertada porque estão com as devidas correções.

Assim como os demais documentos, o comprovante de renda deve ser enviado por meio digital. Geralmente, o formato solicitado é PDF, mas este também é um detalhe que pode sofrer alteração de acordo com a instituição.

Documentos para fazer empréstimo consignado online

Com o avanço da tecnologia atual, os serviços financeiros estão tomando novos rumos, o papel está sendo deixado de lado e hoje o empréstimo pessoal quanto o crédito consignado pode ser contratado apenas tirando Selfis dos seus documentos, realizando verificações digitais, no entanto toda essa relação de documentos pessoais você como cidadão produtivo deve ter em mãos.

O contrato também evoluiu, não precisa mais enviar pencas de papel pelo correio e ainda gastar com o Sedex, esquece isso, basta confirmar sua assinatura por meio online, assinar digitalmente no seu celular ou smartphone e pronto! Consignado online sem papel e sem burocracia é um dos melhores artigos que escrevemos, vale a pena ler.

Documentos não válidos para contratação de empréstimo

Existem alguns documentos que não são aceitos como comprovantes de informações pessoais ou de renda. Passaporte, carteirinhas profissionais que determinam profissão são alguns deles. Boletos de faturas de compras não usuais, como roupas, calçados, crediário em lojas no geral também não são aceitos como comprovantes de residência.

  • Se o documento enviado estiver ilegível, faltando informações, contendo rasuras ou cortes, informações incorretas ou que se referem a outras pessoas, os bancos também não vão aceitar.

É preciso que as cópias estejam em perfeito estado para serem aceitas como comprovantes pessoais ou de renda. Sendo assim, antes de fazer o envio, verifique a qualidade das cópias.

Enviar a documentação correta talvez seja o passo mais importante de todo o processo.

É nesse momento que ele adquire formalidade perante a lei. Qualquer pessoa pode digitar uma série de informações em sites da internet, mas a veracidade destas informações só os documentos podem comprovar.

Averbação do contrato de consignado

Após o recebimento dos documentos pelo banco ou financeira, o próximo passo é a averbação, ou seja, a verificação e análise da margem consignável e consequentemente, os valores que podem ser disponibilizados para você. Além disso, a averbação também verifica o número de parcelas e as taxas de juros.

O processo de análise pode durar entre 24/48 e 72 horas. Bancos como o Banco do Brasil podem liberar a resposta em 24 horas se o solicitante já for correntista. Se você é correntista de determinado banco e ele oferece o serviço de crédito consignado, é interessante verificar se ele conta com uma vantagem como essa.

Empréstimo pessoal, consignado ou não, são etapas importantes na vida de qualquer pessoa. Desta forma, os procedimentos devem ser feitos com o máximo cuidado para que tudo possa correr conforme o desejado. Especialmente no que concerne a apresentação correta dos documentos necessários para contratar empréstimo consignado.

Informações corretas, rapidez na solicitação, clareza dos documentos para contratar consignado são pontos que auxiliam na aprovação do seu cadastro.

Gostou deste conteúdo? Quer aprender um pouco mais sobre consignado? Então não deixe de fazer a leitura dos outros conteúdos do nosso blog.