Como funciona o empréstimo consignado para professores

Professores da rede pública e estadual são conhecidos por fazerem parte de uma atividade fundamental para a construção de um país, e um mundo, melhor. Afinal, a educação é a base de tudo e todos nós concordamos com isso. Mas, e quando o cenário dessa profissão se apresenta tão desvalorizado?

Estudos realizados pelos institutos de educação em nosso país demonstram a desvalorização da profissão. Ainda que tenha apresentado leve aumento salarial nos últimos anos, os professores ainda são aqueles que possuem o menor salário em relação a sua formação acadêmica.

Nesse cenário de dificuldades financeiras e de diferença salarial acentuada, o empréstimo consignado para professores pode ser uma ótima alternativa. Esse tipo de crédito pessoal exclusivo para servidores públicos possui algumas vantagens em relação aos demais.

Se você é um professor a nível municipal ou estadual, saiba que tem direito a um empréstimo consignado com taxas e condições de pagamentos exclusivas. Neste texto, explicaremos para você com mais detalhes tudo sobre o assunto. Continue sua leitura e tire suas dúvidas.

Empréstimo consignado para professor – Como funciona?

O empréstimo consignado para professores da rede pública é uma linha de crédito onde o dinheiro cedido tem as suas parcelas descontadas direto do contracheque mensal. Ou seja, o servidor público estadual ou municipal que contrata um empréstimo consignado têm sua remuneração comprometida em até 30%, antes mesmo de recebê-la na conta salário ou conta corrente.

Por outro lado, o professor não tem preocupação com o pagamento de boletos. Nem existe a possibilidade de atrasar uma parcela e sofrer com as multas por atraso. Mesmo comprometendo parte do pagamento, o empréstimo consignado é bastante prático.

Como contratar consignado para professores estaduais

Em geral, para se ter acesso a esse tipo de empréstimo é necessário cumprir algumas exigências. Em primeiro lugar, o professor saber se a classe que ele faz parte pode fazer a solicitação, depois ele deve procurar uma instituição financeira que possua convênio com o seu setor de lotação.

Em seguida, o servidor público (professor) deve possuir uma margem consignável positiva para que tenha o empréstimo aprovado junto ao órgão pagador.

Por fim, os professores precisam possuir cargo fixo e efetivo dentro do governo estadual ou municipal. Ou seja, designados para a função ou ainda prestadores de serviço, professores temporários, estagiários ou empregados públicos (professores CLT) não fazem parte da categoria elegível.

Margem consignável para contratação

Os professores podem comprometer, no máximo, 35% de sua renda mensal. Dentro deste limite, 30% pode ser usado com empréstimo consignado. Os outros 5% só podem ser gastos com o cartão de crédito consignado para professores.

Tal limite foi criado para que os clientes que têm direito aos produtos consignados não comprometam sua renda além do que é indicado. Assim, fica mais difícil que alguém se endivide por conta das ofertas de crédito.

É possível utilizar o empréstimo e o cartão de crédito ao mesmo tempo. É possível também solicitar mais de um crédito ao mesmo tempo. Porém, a soma de todas as parcelas mensais não pode ser superior a margem consignável.

Documentos necessários

Solicitar empréstimo consignado é um processo bastante simples. Basta que o servidor público apresente RG, CPF, um comprovante de residência (como conta de água, luz ou telefone) e os três demonstrativos de pagamentos mais recentes, para comprovar a renda mensal.

Dependendo do banco escolhido e da relação do cliente com a instituição, o crédito pode ser concedido presencialmente em uma agência bancária, por telefone ou até pela Internet.

Empréstimo consignado sem burocracia

O crédito consignado possui algumas diretrizes estipuladas de acordo com a Lei 10.820/2003. A regra principal é que os pagamentos mensais são descontados diretamente da folha de pagamento do servidor público.

Essa operação é de baixo risco, já que o banco tem garantia que o pagamento será efetuado mensalmente e sem atraso. Por isso, apresenta vantagens que outras linhas de créditos não oferecem, como prazo de pagamento estendido, juros mais baixos e menos burocracia.

Valores liberados

Os valores liberados para empréstimo dependem da renda líquida e da margem consignável de cada professor. Antes de solicitar um empréstimo, o interessado pode fazer uma simulação online e gratuita para ter ideia da quantia que poderá ser tomada.

Taxas de juros do empréstimo

Como falamos anteriormente, a taxa de juros e os outros custos de um empréstimo consignado para professores são mais baixas que as demais. Isso acontece porque essa categoria oferece garantias de pagamento — visto que o débito é descontado automaticamente do salário.

As taxas de juros podem variam de um banco para outro. Por lei, não podem ser superiores a 2,05% ao mês, ou 27,6% ao ano. Este valor está em vigência desde novembro de 2017 para servidores públicos e já supõe parte do Custo Efetivo Total (CET).

Prazos e pagamentos mensais

O prazo de pagamento pode variar de banco para banco e de acordo com o órgão a que o professor está ligado. A nível municipal, os empréstimos costumam ter prazos entre 12 e 72 meses. A nível estadual, o limite para pagamento pode ser de até oito anos, ou seja, 96 meses. As parcelas são sempre fixas e mensais.

Quantos contratos de empréstimo podem ser feitos

Número de contratos permitidos: Nos dias de hoje são permitidos até 9 empréstimos consignados por CPF ao mesmo tempo, no mesmo banco. Caso o servidor público escolha outro banco, não há limite. Porém, como já dissemos, o que faz com que novos empréstimos sejam aprovados ou não é a margem consignável.

Em São Paulo, por exemplo, depois que a lei de exclusividade do Banco do Brasil foi extinta, diversos bancos oferecem empréstimo consignado para professores, como: Banco Bradesco, Banco BMG, Banco Safra, Banco Pan, entre outros. Vale a pena pesquisar quem oferece as melhores condições.

Empréstimo consignado para professores negativados

Por ser descontado em folha e limitado a 30% da renda liquida mensal do servidor, o empréstimo consignado é liberado mesmo para quem está negativado. No ato da solicitação não é feita consulta ao SPC ou Serasa.

O empréstimo consignado para professores é uma excelente opção para auxiliá-los com soluções financeiras personalizadas. A facilidade de acesso a essa modalidade e ainda as vantagens apresentadas por ela, são os maiores atrativos dessa linha de crédito.

No entanto, embora se trate do empréstimo pessoal mais barato do mercado, é indispensável fazer uma análise criteriosa das suas necessidades e capacidade de pagamento. Faça simulações em diversas instituições e compare bem para não errar na hora de escolher o seu empréstimo.

O que achou de conhecer um pouco mais sobre o empréstimo consignado para professores? Caso tenhamos trazido informações úteis, não deixe de nos seguir em nossas redes sociais. Confira em primeira mão todas as nossas publicações e dicas importantes.