Empréstimo consignado reprovado: Veja porque isso acontece

Ainda que o crédito consignado seja simples e fácil de solicitar, pode acontecer do solicitante ter o empréstimo consignado reprovado pela instituição bancária ou pela administradora da folha de pagamento. Existem algumas razões para isso e a maioria delas pode ser contornada.

O empréstimo consignado já uma opção viável e consolidada para a maioria das pessoas que necessitam de crédito pessoal rápido e fácil para sair de uma situação financeira ruim ou para realizar algum desejo ou sonho.

Infelizmente ou felizmente – não sei dizer -, ele é acessível para apenas alguns grupos de pessoas, tais como: pessoas que possuem aposentadoria ou pensão (aposentados, pensionistas do INSS), funcionários públicos nas mais diversas categorias e funcionários de algumas empresas privadas, militares também tem acesso.

Para solicitar a quantia que deseja é preciso entrar na página dos sites de crédito consignado online dos bancos ou correspondentes bancários e fazer a simulação. Desta forma, você recebe propostas com todas as informações necessárias para dar seguimento ao processo.

Preparamos esse artigo para te ajudar a entender em quais situações o crédito em consignação na folha de pagamento pode ser reprovado. Continue a leitura e confira nossas dicas para evitar que isso ocorra.

Principais motivos para ter o empréstimo consignado reprovado

Não fazer parte das categorias autorizadas

Este é um dos principais motivos para ter o empréstimo consignado reprovado. Infelizmente, nem todas as pessoas tem o direito a esse tipo de crédito.

Os grupos que tem direito ao empréstimo consignado são:

  • Aposentados e pensionistas do INSS
  • Funcionários públicos das mais diversas categorias, desde que o órgão no qual trabalha esteja cadastrado no sistema de crédito da Previdência Social. Esta categoria inclui militares das Forças Armadas, tanto os atuantes no Exército, quanto na Marinha e na Aeronáutica
  • Funcionários de empresas privadas. Neste caso, é essencial que a empresa no qual o solicitante trabalha tenha convênio com bancos que disponibilizem o serviço do crédito consignado, e que também sejam cadastradas no sistema da Previdência Social

Se você faz parte de alguma destas categorias, você tem direito ao consignado. É importante salientar que não há consulta aos órgãos de proteção ao crédito como SPC/SERASA, sendo assim, o para negativado no CPF, não é um impedimento à contratação.

Benefício não consignável

Nem todos os benefícios do INSS são consignáveis. Auxílio doença, alguns tipos de pensões que são ofertadas por uma quantia x de tempo não são elegíveis a contratação do consignado.

Para verificar se o seu benefício é elegível, é só entrar no site do INSS e fazer a verificação. Em caso positivo, o empréstimo pode ser feito online, desde a simulação do crédito à averbação do mesmo pelo órgão responsável.

Idade que não se encaixa nas regras

Limite de idade: O limite mínimo e máximo de idade estabelecido por lei se polarizam entre 18 e 80 anos, respectivamente. Assim, caso ultrapasse esta linha, pode ser que haja a reprovação do empréstimo.

Regras e Termos: Os bancos tem o direito de estabelecerem suas próprias regras, desde que não seja ultrapassado as idades mínima e máxima. Esta polarização é necessária para que os interesses das instituições financeiras possam ser assegurados.

Margem consignada incompatível

Todo empréstimo consignado depende da margem para consignação. Esta margem é a porcentagem que uma parcela pode alcançar em relação ao salário ou benefício.

Ainda que esta medida possa ser restritiva, ela é interessante porque não deixa que o endividamento por empréstimo cresça. Assim, a margem consignada para as categorias elegíveis é de 35%, sendo que 5% é destinado ao uso do cartão de crédito consignado.

Se o seu empréstimo consignado foi negado por falta de margem consignada, é possível fazer um refinanciamento da sua dívida ou até mesmo uma portabilidade de crédito para outro banco.

Informar dados incompatíveis

Todos os dados que você citar na simulação de crédito consignado, ou mesmo no cadastro de solicitação devem ser correspondentes aos documentos.

Informar dados incompletos, ou inverdades pode acarretar na reprovação da solicitação. Portanto, tenha sempre em mãos os seus documentos pessoais para que um problema como esse não ocorra.

Envio de documentos avariados

Todo o processo do empréstimo consignado pode ser feito online. Sendo assim, é necessário uma atenção especial ao envio dos documentos.

Ao digitalizar os documentos verifique se eles não estão rasurados, ilegíveis, com incidência de luz que pode prejudicar a leitura, borrados ou mesmo cortados. Para que tudo possa correr bem, e você não tenha o seu empréstimo consignado reprovado, é importante que exista qualidade na digitalização dos documentos.

Número de contratos ativos foi esgotado

Em meados de 2017, a lei que regulamenta os empréstimos consignados mudou de 6 para 9 o número de contratos que o solicitante pode ter, ativos ao mesmo tempo.

Ainda que a margem consignada não tenha aumentado, é possível fazer 9 empréstimos ao mesmo tempo desde que, combinados, eles possam ser iguais ou menores que 30% do salário ou benefício.

No entanto, caso você já tenha utilizado toda a sua margem consignada, não é possível fazer um novo, antes que pelo menos um dos anteriores seja pago. Esta medida ajuda a prevenir o endividamento.

Caso você precise fazer um novo empréstimo, mas a margem consignada não permite, é possível fazer um refinanciamento da sua dívida. Assim, pode-se modificar o número e o valor das parcelas ao mês para que possa acomodar um novo empréstimo.

Outra opção é a portabilidade de crédito. Caso você tenha verificado que existe outro banco com uma taxa de juros menor e compensativa, você pode solicitar a portabilidade.

Banco não conveniado

É imprescindível que o banco no qual você solicitar o empréstimo consignado seja conveniado aos sistemas de crédito da Previdência Social. A regulamentação deste tipo de crédito pelo Banco Central é essencial para que o pagamento das parcelas possa ocorrer.

Crédito bloqueado no INSS

Existem ocasiões em que o INSS pode vir a bloquear o benefício do cidadão. Suspeitas de fraude, modificação nas agências conveniadas, ou mesmo a pedido do próprio beneficiário, o benefício do crédito consignado pode ser interrompido.

Se foi o próprio beneficiário que solicitou o bloqueio, basta pedir que o órgão faça o desbloqueio. O período para que o crédito seja liberado para uso é de 15 dias úteis.

Todo tipo de empréstimo, incluindo o crédito consignado, depende de análise da própria situação financeira. O Brasil conta com um dos maiores números de inadimplentes em relação ao uso do crédito, e essa porcentagem pode informar muitas coisas a respeito de nossa relação com empréstimos.

Nossa dica.. tenha cautela e análise, esses dois fatores são essenciais para não ter o seu crédito consignado reprovado ou recusado.

Caso esteja enfrentando problemas dessa natureza, entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas agora mesmo! Nosso trabalho, o do ShoppingCred é ajudar você conseguir o melhor proposta de consignado com as melhores condições do mercado.